Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos e ditos

A escrita é aquilo que eu sou. Por vezes, escrevo contos, outras vezes desabafos, um ou outro texto breve, alguns dias, poemas. Eu encontro-me na prosa, perco-me na poesia. Sempre de um jeito livre, simples e despretensioso, porque eu sou assim.

Contos e ditos

A escrita é aquilo que eu sou. Por vezes, escrevo contos, outras vezes desabafos, um ou outro texto breve, alguns dias, poemas. Eu encontro-me na prosa, perco-me na poesia. Sempre de um jeito livre, simples e despretensioso, porque eu sou assim.

14
Jul18

Do outro lado da linha

Inês Aroso

ponte.jpg

 

Não acaba quando queremos.

Não acaba quando nos dizem.

Não acaba quando esperamos.

Não acaba quando devia acabar.

 

Demora uma e outra desilusão.

Demora uma e outra ofensa.

Demora um e outro humilhação.

Demora um outro gesto ingrato.

 

Um dia acontece, por fim!

Um dia percebes que acabou.

Um dia sais da ilha e vês a ilha.

Um dia entendes Saramago.

 

Chegaste ao fim da linha.

Do outro da linha não vês nada.

Por isso, tens medo, da incerteza.

Larga a carga que trazes contigo.

 

A travessia é leve e vale a pena.

Do outro lado da linha estás tu.

O teu verdadeiro eu. 

Celebra e grita: acabou!